GLÚTEN E INFLAMAÇÃO

 Inflamação Intestinal  E   Glúten.

Gosto  de  dizer  que inflamação  aguda  é benéfica, mas a  crônica  é  muito  prejudicial ao  organismo.

A  inflamação nada mais é que a resposta natural do seu sistema imunológico a lesões. Você pode vê-la em ação sempre que você se cortar, por exemplo, pois a área fica vermelha e quente. As proteínas no trigo são irritantes intestinais (como o corte na pele), causando uma resposta inflamatória.

O caso mais famoso é a inflamação causada pelo glúten em pessoas com doença celíaca ou sensibilidade ao glúten não celíaca. Mas a inflamação do trigo também é um problema, mesmo para as pessoas que não são sensíveis ao glúten especificamente.

Os inibidores da tripsina da amilase (ATIs) que podem provocar uma resposta imune inflamatória no trato gastro intestinal, estimulando células imunes. Isso ocorre independentemente de ter ou não a doença celíaca.

Seja para   minimizar  inflamação ou   seja  para    evitar o desencadeamento  de doenças auto  imune a mudança  nutricional     é  sempre  bem  vinda.

Outro motivo para tirar o glúten da alimentação, é por ele causar o desenvolvimento de doenças autoimunes. Doenças autoimunes são causadas pelo sistema imunológico atacar as coisas que são encontradas naturalmente no corpo.

Existem muitos tipos de doenças autoimunes que afetam vários sistemas de órgãos.

Todos eles combinados afligem cerca de 3% da população.  A doença celíaca é um tipo de doença autoimune e pacientes celíacos estão em um risco drasticamente aumentado de outras doenças autoimunes também.

Muitos estudos têm encontrado fortes associações estatísticas entre a doença celíaca e várias outras doenças autoimunes, incluindo Tireoidite, Diabetes Tipo 1, Esclerose Múltipla e vários outros.

O trigo é um alimento muito ruim mesmo para pessoas que não têm doença celíaca. E os sintomas não aparecem necessariamente com vômitos e diarreia.

Gosto  de  falar  que  não  devemos   ser   radicais!!!

 

Faça o teste: fique duas semanas sem comer o glúten e confira como se sente. Procure também orientação médica.